Saint Seiya – The lost canvas – Review

bannerRegulus de Leão VS “Olho gordo”…

Primeiramente gostaria de dizer que este “review” é referente apenas ao sétimo volume de “Saint Seiya – The lost canvas – Gaiden” que conta como foi a primeira missão do cavaleiro de leão (esse foi o único volume que chegou na banca desse fim de mundo).

The Lost canvas é de autoria de Masami Kurumada (custo a acreditar que ele foi capaz de fazer essa história) e desenhado pela Shiori Teshirogi, é publicado na antologia “Shounen Champion” desde dois mil e onze e atualmente se encontra em seu nono volume de prováveis doze. Cada um desses volumes contra uma aventura de algum dos cavaleiros de ouro apresentados (e exterminados cinco segundos depois) na saga de Hades.

JOJO_040-041Gostei muito de como essa história acontece, a principio lembra um pouco missões de RPG de mesa, com aquela trama bem simples, mas ao mesmo tempo interessante; é muito bem estruturada e o traço da Shiori torna a leitura bem agradável. Traço esse que deu um salto absurdo de qualidade da ultima edição do Lost canvas, para essa da fase Gaiden; antes ele era bem mais sujo e com alguns erros de anatomia que particularmente me irritavam bastante (mas não era tão tosco quanto One piece…), porem agora os erros de anatomia foram corrigidos e o que mais “sujava” os seus desenhos, a retícula, foi muito bem utilizada.

13Mas o que mais gostei foi o modo como foi adicionada mais uma mitologia ao universo, de modo que elas coexistam sem interferir em nada uma da outra, não conheço nada da mitologia celta, porem ao que foi mostrado me pareceu ao menos interessante, espero que não tenham tantas cagadas quanto a mitologia grega em “cavaleiros do zodíaco”. Sei que alguns irão pensar: “mas já foi colocada outras mitologias na saga de asgard e em um dos OVAs”, e de fato a mitologia nórdica e cristã foram mesmo usadas nesses pontos específicos, mas convenhamos que ficou uma merda…

Porem nem tudo são flores nessa vida, ele segue com alguns problemas que já é até uma característica da franquia, personagens bastante rasos. Não é como se os personagens não se diferenciassem uns dos outros, apenas lhes falta personalidade, eles tem cada um seu objetivo, porem de forma alguma isso aprofunda o personagem. Algo que me irritou até mais que os personagens só serem “cool” foi o uso em excesso de cenas de impacto, e o pior EM CASOS DESNECESSÁRIOS, é como se a cada três paginas tivesse uma mega pagina dupla com a frase: “OI, EU SOU MARIA” (sim, em caixa alta!).

5Por fim; apesar de alguns probleminhas na obra que me deixaram um pouco puto, eu recomendo “The Lost canvas – Gaiden volume sete”, não boto a mão no fogo pelas outras edições. Acho que diferente de noventa por cento dos produtos vinculados a franquia “Saint Seiya”, esse pode agradar de verdade alguém que não foi iludido pela serie quando era criança e hoje acha que é perfeito… Ah, leiam pela JBC, esta muito bem feito o trabalho deles.

Até…            @_ayronn

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s